Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Casa Misteriosa" de Marzia Bisognin

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 29 de setembro de 2014
Autora: Soraia Pereira
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 234
Editor: Pastelaria Studios Editora
ISBN: 9789898629098

Sinopse:
Nova Iorque da actualidade nunca mais será a mesma…
Eles têm uma única e especifica missão: evitar a todo custo que as espécies habitantes do plano humano, sejam escravizadas por Razziell, senhor do Reino das Sombras Arcanjo renegado que fora expulso do paraíso pelo Arcanjo Miguell em pessoa. Leonardo é um dos guerreiros especiais a quem está incumbida tal missão.


Opinião:
Este livrinho chegou-me às mãos através do BookCrossing e sem dúvida que era uma narrativa que há muito queria ler. Por alguma razão a capa chamava-me a atenção e a sinopse, embora não revele nada de nada da história, tinha a palavra Arcanjo, o que me aumentou a curiosidade. Além disso era uma autora portuguesa e se há coisa que tenho tentado fazer durante este ano foi ler mais autores portugueses, de forma a dar (pelo menos) uma média de um autor nacional por mês.

Jessica é uma simples humana com muitíssimo azar. Num dia como qualquer outro quando vai a passar na rua, acaba por ser abordada por um estranho sujeito que a todo o custo a tenta violar. Desesperada, Jessica bem se tenta defender, mas apenas acaba por se safar de tal situação quando um estranho sujeito se coloca no meio e a acaba por salvar. Uma pessoa que ela nunca tinha visto e que naquele momento não lhe ficara na memória, pois acabara por desmaiar do choque.

Quando acorda vê-se rodeada de homens que embora por um lado sejam assustadores, por outro são belíssimos e com uns corpos magníficos que parecem esculturas... E entre esses homens existe um que olha constantemente para ela, que lhe pergunta se está bem inúmeras vezes. Um homem cujos olhos reconhece como pertencentes ao seu salvador. Esse homem chama-se Leonardo, um guerreiro em todo o sentido da palavra. Um homem que luta ao lado dos seus irmãos e que tenta tornar o mundo um lugar melhor, um lugar onde humanos e não humanos possam viver em paz.

Ao ver Jessica pela primeira vez, Leonardo sente uma atração que há muito não conhecia. Uma atração eloquente e em nada lógica. Uma atração que o faz querer a todo o custo estar próximo daquela simples mulher, uma humana que não sabe nada de nada sobre o seu mundo ou sobre a sua espécie...

Devo dizer que este livro surpreendeu-me pela positiva. A narrativa é fluída e os diálogos não a tornam de forma alguma pesada, acabando por prender o leitor do início ao fim, sendo que adorei conhecer todas as personagens e conhecer o mundo em que estas vivem. Apesar de ter gostado de ler o livro, não posso deixar de ligá-lo imenso aos livros de J. R. Ward. Embora pudesse citar outras autoras do género, acho que foi em Ward que a autora este livro se inspirou, sendo esse um facto que se nota em cada página e na própria caraterização das personagens. Eu adoro J. R. Ward e acho que esse foi um dos grande motivos para gostar desta narrativa. Nela temos o grupo de guerreiros (à mesma vampiros) que tentam manter a sua comunidade longe do perigo. E como não podia deixar de ser todos os guerreiros têm os seus demónios pessoais que acabarão por desaparecer quando encontram uma mulher por quem se apaixonarão loucamente.

Apesar das inúmeras parecenças deste livro com os de J. R. Ward, nota-se que a escrita é algo inerente à autora, e apesar de usar por diversas vezes o calão, acabamos por ler este livro rapidamente de uma ponta à outra, apaixonando-nos por todas as personagens e querendo saber mais e mais sobre elas. Apesar deste livro ser sobre Leonardo, a personagem masculina que mais gostei foi A'larick. A sua maneira de pensar, de agir, de ser. Uma maneira de viver tão diferente dos irmãos mas ao mesmo tempo que revela até mais do que estes.

Este livro foi lançado em 2013, sendo que desde então nada mais ouvi em relação à publicação de outra obra da autora. Pelo que li no goodreads há um segundo volume que fora para leitura beta e que as leitoras afirmam que está melhor que este, pois pelo que parece a autora decidiu usar as críticas de forma construtiva para melhorar os livros seguintes desta saga. Agora se esses livros chegarão até nós? Não sei. Mas posso dizer que após este "primeiro cheirinho", adorava que isso acontecesse!

0 devaneios :