Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Rapariga de Antes" de J.P. Delaney

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 31 de maio de 2016
Autora: Loretta Chase 
Editor: Edições Chá das Cinco
Edição ou reimpressão: 2016
Páginas: 304
ISBN: 9789897102318

Sinopse:
Uma inocente de olhos azuis por fora, mas um feroz tubarão por dentro, a modista Sophia Noirot até conseguiria vender areia a beduínos. Vender os deslumbrantes vestidos da Maison Noirot a damas nobres é um pouco mais complicado, especialmente porque um recente escândalo de família criou um inimigo que, por acaso, é um dos líderes da sociedade da moda. Transformar o escândalo numa lucrativa vantagem para a boutique requer todo o talento de Sophia, deixando-a com pouca paciência para o devasso Earl de Longmore. Este idiota desajeitado não consegue ter mais do que uma ideia na cabeça, e ultimamente tem estado apenas loucamente fixado em despir Sophia! No entanto, quando a irmã de Longmore, a cliente mais rica e mais adorada da boutique, foge da cidade, Sophia não pode deixar Earl procurá-la sem ajuda. Numa demanda escaldante com o único homem ao qual não resiste, Sophia deixa-se levar pela tentação do desejo...


Opinião:
Adoro romances de época! E apesar de saber de antemão que este é o segundo livro de uma coleção, não resisti a começar a lê-lo, especialmente quando descobri que esta coleção poderia ser lida em separado. A capa chamou-me de imediato a atenção e como se não pudesse deixar de ser, aliado a isso, a sinopse prometia um romance e eu precisava de ler algo desse género.

Existe um famoso jornal que sabe todas as últimas cusquices da alta nobreza. Um jornal que até mesmo antes das próprias pessoas envolvidas saberem, sabe algo da sua vida. Quem consegue tal proeza é a fantástica Sophia Noirot, uma modista que veio de baixo e que, em conjunto com as suas irmãs, conseguiram criar um negócio estável e que as elevou de nível mais do que elas alguma vez julgaram possível.

Sophia tem um jeito único para se misturar entre a multidão, sem notarem a sua existência. Graças a essa fantástica habilidade, consegue descobrir segredos extremamente bem escondidos, e poucos são aqueles que sabem a verdade sobre a sua segunda entidade. O Earl de Longmore é uma dessas pessoas. Aliás, o Longmore deve ser a pessoa que mais admira Sophia e a única que a consegue distinguir no meio da multidão, mesmo quando ela quer passar despercebida. Por alguma razão que nem ele entende Sophia desperta-lhe um estranho interesse e Longmore quer saber mais e mais sobre ela. Mas é quando a sua irmã se mete numa grande confusão, que Longmore finalmente conhece a verdadeira Sophia e é aí que a sua relação vai para outro nível totalmente diferente.

Não é um livro muito diferente dentro do género, mas gostei de saber mais e mais sobre as personagens principais e a sua interação acabava por ser interessante, não fosse algo do tipo gato e rato. Desde o início conhecemos melhor a personagem de Sophia do que a de Longmore, provavelmente porque esta já tinha sido um pouco desenvolvida no livro anterior (que eu ainda não li). Mas para mim isso foi um ponto positivo, para não começar a ler o livro do zero, sem saber nada de nada do que se estava a passar.

Sophia e Longmore têm duas personalidades muito diferentes, mas estão unidos no amor que têm por aqueles que lhes são próximos e é a partir daí que se começam a conhecer melhor. Inicialmente da parte de Sophia, esta interação era também movida pela necessidade de sobrevivência do negócio dela e das irmãs, mas com o tempo acaba por se tornar algo que tem que fazer por amor e é aí que vemos o cruzamento do caminho de Sophia com o de Longmore.

Foi um livro que gostei de ler e apesar de não ser nada de outro mundo, acaba por nos prender durante algumas horas e cumprir o seu objetivo.

0 devaneios :