Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Derradeira Ilusão" de Diane Chamberlain

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 7 de junho de 2016
Autora: Holly Smale
ISBN: 978-972-0-04742-7
Edição ou reimpressão: 2016
Editor: Porto Editora
Páginas: 344

Sinopse:
Harriet Manners sabe muitas coisas. 
• Um gato tem 32 músculos em cada orelha. 
• Uma pessoa ri-se, em média, 15 vezes por dia. 
• Os amendoins são um dos componentes da dinamite. 
• E uma croma não pode transformar-se numa modelo… Ou será que pode? 
Mas Harriet não sabe por que motivo ninguém gosta dela na escola. 
Por isso, quando surge uma oportunidade de se transformar noutra pessoa, aproveita-a. Mesmo que isso signifique tropeçar de saltos altos e… mentir a todos os que ama. 
Será esta geek - agora chique - capaz de mudar e manter-se leal a si mesma?


Opinião:
O que me chamou a atenção para este livro foi... adivinhem? Sim, a capa! Achei-a imensamente engraçada, o que me deu vontade de imediato de ter este livro em mãos e de o começar a ler. Devo dizer que não me arrependi, pois este acaba por ser um livro leve, jovem e extremamente divertido.

Sim, podemos descrever Harriet numa simples palavras, inteligente. Pelo menos, assim de repente, é a única palavra positiva que Harriet pensa que a descreve. Não vê nada mais que possa atrair quem quer que seja. É esquisita, demasiado concentrada na escola, não tem estilo algum e todas as pessoas que a conhecem parecem achar que é mais uma croma como muitas outras. 

Apesar de Harriet não perceber nada de moda, o contrário acontece com a sua melhor amiga que vê na moda a coisa mais importante do mundo!! Quando esta descobre que existem audições para ser manequim, decide puxar Harriet e dirigem-se ambas para lá. Claro que Harriet apenas lá está para dar apoio moral, porque a realidade é que aquele lugar, tão estiloso, assusta Harriet de morta. Numa situação incomoda, Harriet acha que o melhor sítio para se esconder é debaixo da mesa mais próxima e acaba por ficar cara a cara com o rapaz mais giro que vira na vida. Giro e extremamente engraçado!! E que a acaba por a ajudar, embora indiretamente, a tornar-se modelo!

Foi um livro muito engraçado e uma leitura que me soube pela vida. Há livros e livros e neste caso estava a precisar de ler algo divertido e leve. Nesses parâmetros este livro não podia deixar de ser o melhor. Harriet é uma personagem extremamente divertida e consegue colocar-se em cada situação que o leitor fica sempre surpreso!! E a forma que tem de escapar dessas situações é outro ponto imensamente divertido!!

Um dos outros pontos muito positivos neste livro é a relação que Harriet tem com a madrasta. Uma relação que tanto pode parecer negativa como de repente nota-se que são as melhores amigas e confidentes, estando constantemente lá uma para a outra. E sem dúvida que a loucura de Harriet vem do pai, pois este não podia ser mais louco e engraçado!

O romance neste livro está muito escondido e, apesar de começar a florescer lentamente, tenho que admitir que há ali qualquer coisa. Algo que de certeza será desenvolvido nos próximos livros, o que quero imenso ver.

Um livro leve e divertido que aconselho!

0 devaneios :