Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016
Autora: Megan Abbott
ISBN: 9789896379957
Edição ou reimpressão: 09-2016
Editor: Saída de Emergência
Páginas: 288

Sinopse:
Addy Hanlon sempre foi a melhor amiga de Beth Cassidy e a sua parceira de confiança. Ambas cheerleaders temidas pelas raparigas da escola, atingiram o pico das suas carreiras no secundário e lideram uma claque intensamente competitiva e admirada por todas as colegas - até ao momento em que chega a nova treinadora. Dominante e carismática, e uma emissária do mundo adulto além do alcance das jovens, a treinadora Colette French seduz Addy e as outras cheerleaders com o seu charme.
Apenas Beth, incapaz de aceitar a nova autoridade, permanece fora do círculo de confiança da treinadora, tentando por todos os meios recuperar a sua posição como cheerleader de topo. Mas quando um crime abala a comunidade, começa uma investigação policial que tem como alvo as alunas da escola. À medida que se aproxima o final da época, Addy e Beth irão aprender, da pior forma, que as fronteiras entre lealdade e amor podem ser um terreno perigoso num jogo que já ultrapassou todos os limites.


Opinião:
O título deste livro chamou-me imenso a atenção!! Quem me conhece sabe que eu não sou uma leitora ávida deste tipo de livros, mas a capa, a sinopse... enfim tudo neste livro me chamou a atenção. Infelizmente acabou por se revelar um livro com uma história de fundo muito boa que não foi aproveitada o quanto devia ter sido.

Beth sempre teve uma personalidade extremamente forte! E isso tornou-a na chefe da claque da escola. Ela sabe que a sua claque é das melhores e sabe que ela mesma é a responsável por isso. Extremamente competitiva, consegue moldar a vontade dos treinadores de forma a ir de encontro à sua, mas tudo isso vai água a baixo quando uma nova treinadora aparece. Esta nova treinadora gosta de estar ainda mais no comando do que Beth. Sabe o que quer e não está disposta a ser o fantoche de uma adolescente que gosta de se sentir importante.

Decidida e ser respeitada por todas, a nova treinadora acaba por ser tornar a nova estrela da equipa e todas as raparigas da claque adoram-na, inclusive a grande companheira de Beth, Addy. A treinadora puxa-as para lá dos seus limites, tornando-as ainda melhores, além de as tornar mais confiantes em si mesmas e menos dependentes da chefe de claque, Beth, algo que esta odeia e que está decidida a mudar...

Foi um livro que julgava que seria uma melhor leitura. Achei as personagens muito disfuncionais e sem coerência alguma. Uma coisa é certa, as personagens conseguiam surpreender-se, mas isto porque se num momento achavam que tudo era perfeito, 3 segundos depois odiavam o mundo e todas as suas opiniões e decisões mudavam... Por um lado a autora criou um enredo fantástico, mas pecou ao querer tornar o livro demasiado misterioso...

Beth tinha uma atitude que se por um momento me dava pena dela, por outro achava-a a pior pessoa do mundo. E isso também acontecia com a treinadora. Por um momento pensava que a senhora não era nada má pessoa e que Beth sim, era uma pessoa extremamente mimada e por isso pintava-a como o pior ser do mundo. Ora outras vezes achava que aquela pessoa não devia estar ao pé de criança impressionáveis.

Um livro nada coerente mas que tinha uma história que dava "pano para mangas", se as personagens tivessem sido melhor desenvolvidas.

2 devaneios :

Nélia Rosa disse...

Li e também fiquei com a ideia que poderia ter sido muito mais. Nem sei se me apetece ler o livro mais recente editado desta escritora.

Vanessa Montês disse...

Eu não fiquei com vontade nenhuma para ser sincera...