Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 1 de janeiro de 2017
Autora: Carina Rissi
ISBN: 9789898843968
Edição ou reimpressão: 09-2016
Editor: TopSeller
Páginas: 448

Sinopse:
Sofia está de volta ao século XIX, e mais animada do que nunca para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No meio da loucura dos preparativos para o casamento, contudo, ela percebe que tornar-se a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava.
As confusões encontram Sofia antes de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento de Sofia e Ian é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas acontecem na vila, e Ian parece estar a enfrentar alguns problemas que prefere não partilhar com a noiva.
Decidida, Sofia está disposta a tudo para ajudar o homem que ama. As suas ações, porém, podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir o seu felizes para sempre… é ela própria.
Encontrada traz-nos de volta o mundo apaixonante de Sofia e Ian, permitindo-nos mergulhar uma vez mais nesta envolvente história de amor.


Opinião:
O primeiro livro tinha sido interessante, uma narrativa que prendia, mas infelizmente não como esperava. As expectativas na altura estavam altíssimas, mas Sofia, a personagem principal, irritava-me e achava-a repetitiva nas expressões e apesar de dizer que tentava integrar-se eu não concordo em nada com isso. Já neste livro vemos algo muito diferente. A escrita está mais madura, a persomnagem já não é irritante e demonstra ser de outro século de uma forma menos direta.

Sofia agora sabe que pertence ao século XIX. Pertence ao lado do seu grande amor Ian Clarke. E está prestes a pertencer ao nível do casamento!! Sofia quer a todo o custo tornar-se útil, mas não pertencendo realmente ao século XIX custa-lhe imenso estar sentada em casa a tentar fazer as coisas que nunca tivera jeito, tornar a casa num lar, mandar nos domésticos e ser uma verdadeira dama!!

Mas o pior é que apesar de Ian lhe afirmar que não se tem que preocupar em ser quem ela não é, Sofia sabe que o nome dela automaticamente a liga à família Clarke e isso não apenas estraga a reputação da família, mas também os negócios. E para ajudar "à festa" a tia de Ian aparece e está decidida a tornar a vida de Sofia ainda pior do que ela já é...

Além de todos os problemas por se encontrar no século em que não nascera, Sofia mete-se em outro problema quando decide ajudar Ian. Graças ao seu amaciador de cabelo, algo que inventara para estar mais próxima do seu século, cria um negócio do zero que acaba por render uma pequena fortuna! Mas num tempo em que os homens são o sustendo de uma mulher, ter um negócio próprio pode causar muitos conflitos...

Antes de mais parabéns à autora, nota-se uma enorme evolução desde este livro ao título anterior!! Sofia é muito menos irritante e gostei mais dela como personagem. Está mais madura, decidida e muito menos infantil. Além disso a autora já não enfatiza tanto que ela vem de outro tempo pelas expressões irritantes que anteriormente eram usadas, mas por outros detalhes.

Esta transformação na personagem permitiu-me degostar do livro com muito mais vontade, avancei muito rapidamente na leitura e queria saber como Sofia se iria safar de todos os sarilhos em que estava metida... Claro que este é um daqueles livros em que, antes de acontecer o que quer que seja, já sabemos mais ou menos como será o final, mas são as entrelinhas que nos fazem ler com uma vontade louca!

Sem dúvida melhor que o precedente, um livro que me deixou com demasiada curiosidade para saber a continuação desta história de amor que atravassa os tempos!

0 devaneios :