Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017
Autora: Marie Rutkoski
ISBN: 9789898843401
Edição ou reimpressão: 07-2016
Editor: TopSeller
Páginas: 320

Sinopse:
Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai.
Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo — por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade.
Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara.


Opinião:
Esta deve ser das capas mais bonitas do ano passado. Adoro as cores, o efeito do vestido, o título!! Acho que posso dizer que adoro toda a capa, não tem uma única falha... A juntar a isso, a sinopse, que nos remetia para um livro num mundo diferente em que existiam diversas facções, prendeu-me.

Kestrel é filha do grande general de Valoria, o homem que tinha vencido a batalha que salvara a sua raça e a sua cidade. É alguém habituado a tudo do bom e do melhor mas que decide seguir o caminho mais difícil. Kestrel quer lutar, não quer casar com alguém que odeia e não conhece, simplesmente para que todos fiquem felizes. Quer ser feliz pelas suas vitórias, pelas suas lutas e se casar, quer que seja com alguém que ame.

Numa das suas viagens ao mercado, acaba por parar numa venda de escravos, tudo pessoas da raça que havia perdido a batalha. Num momento de insanidade, que nem Kestrel sabe identificar, licita uma quantia absurda por um dos escravos, um rapaz rebelde e que lhe prendeu o olhar. Um rapaz de quem ela quer saber mais e mais, mesmo que isso não seja do seu melhor interesse.

Arin é um rapaz estranho. Calado inicialmente e distante, acaba por se tornar indispensável a Kestrel, tornando-se mais num guarda costas do que num escravo. Acaba por se demonstrar extremamente útil, pois tinha mão e talento para a fundição e o palácio precisava de alguém que soubesse mexer e transformar o ferro. Tornando-se cada vez mais indispensável dentro (e fora) do palácio, Arin torna-se unha com carne com a filha do general princesa... Mas talvez tal não seja o melhor que podia acontecer... Ou seria?

Adorei este livro!! Não têm noção do "sofrimento" em que ando por saber que já saiu o segundo volume e eu ainda não lhe pus as mãos em cima!! Quero tanto continuar a ler a saga! E sim, como podem compreender pela minha euforia, eu adorei este livro. Adorei a escrita, as personagens são fantásticas e a autora conseguiu conjugar elementes que podiam ser considerados banais em algo novo e que nos prende da primeira à última página.

Tanto Kestrel como Arin têm personalidades extremamente fortes e são elas o nosso fio condutor ao longo da narrativa. Sendo ambos aproximadamente da mesma idade, têm em mente a mesma guerra mas conhecem-na de lados opostos do campo de batalha. E isso foi o que realmente moldou as suas personalidades. Personalidades essas que adorei e queria imenso saber mais sobre elas.

Sem dúvida alguma que irei adquirir o próximo volume e vocês se não conhecem esta saga estão a cometer um grande erro, porque não é apenas a capa que é fantástica!!

0 devaneios :