Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Ilha das Quatro Estações" de Marta Coelho

Passatempo #1

Passatempo #1
Resultado

Passatempo #2

Passatempo #2
Resultados

Passatempo #3

Passatempo #3
Resultado

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 19 de dezembro de 2017
Autora: Elísabet Benavent
ISBN: 9789896652388
Edição ou reimpressão: 05-2017
Editor: Suma de Letras
Páginas: 432

Sinopse:
Divertida, emocionante e sexy como tu!
Valeria é uma escritora de histórias de amor. Valeria vive o amor de forma sublime. Valeria ama Adrian até que conhece Victor. Valeria tem de ser sincera consigo mesma. Valeria chora, Valeria ri, Valeria caminha... Mas o sexo, o amor e os homens não são objectivos fáceis. Valeria é especial. Como todas nós.


Opinião:
Este foi um livro que pensei logo... adoro... quero... A razão foi a capa, tem uma capa excelente, muitíssimo simples mas engraçada e para mim com vibes de Bridget Jones (e não, não li os livros desta coleção mas vi os filmes), um chick-lit, algo que me apetecia no momento.

Valéria é uma sonhadora. Uma sonhadora que escreveu um livro de grande sucesso e que agora precisa de um segundo, afinal de contas um livro só dá retorno até certo ponto não é assim? Especialmente se estivermos a falar de apenas um único livro. 

Só que a inspiração é nula e as coisas sobre as quais podia escrever, nomeadamente a sua vida, está mais desinteressante que nunca...

Toda a narrativa é escrita do ponto de vista de Valéria e para mim isso foi uma mais valia. Valéria pareceu-me alguém extrovertido e divertido, que alegra uma sala só de lá estar. Energética e decidida, tem um grupo de amigas chegadas muito diferentes entre si, o que acaba por dar outra dimensão a toda a narrativa. Acabamos sempre por torcer mais por uma do que outra, pois haverá sempre alguém naquele grupo de 5 pessoas com quem até nos identificamos, pois acreditem que estamos a falar de um grupo bem diversificado.

Com visível inspiração em "O Sexo e a Cidade", esta narrativa "leva-nos" atrás do grupo de amigas, sempre guiados por Valéria e observamos assim as suas decisões. Estando num casamento sem chama, Valéria acaba por conhecer um novo homem que a faz sonhar como o marido não faz há anos e é então que a inspiração para o segundo livro escrito por Valéria e as más decisões surgem, sendo a linha de história, a partir daí, muito linear. As decisões de Valéria acabam por nos levar a avaliá-la, quer a nível positivo ou negativo - depende do leitor -, e eu fiquei-me pela avaliação negativa,  pois haviam imensas atitudes de Valéria que não concordei, especialmente a nível do casamento. Tantos problemas num casamento em que metade desses problemas podiam ser resolvidos com um conversa sincera.

Havia algo no livro que me levou a continuar a lê-lo até chegar ao fim, sendo a escrita muito simples e leve, levando a que o leitor rapidamente termine a narrativa e fique com curiosidade para mais. Além disso, ao criar um final mais "real", a autora abriu assim a porta para continuar esta narrativa noutro volume.

Um livro leve e divertido, em que, apesar de não concordar com as decisões da personagem principal, me entreteu e fiquei com curiosidade para ler a continuação, assim que me apetecer ler algo do género.

0 devaneios :